Lectio Divina – 3º Domingo do Tempo Comum

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Qual a necessidade de temos de conversão hoje? Vivemos tempos incrivelmente conturbados e laicos (no pior sentido da palavra). Hoje a conversão não encontra mais eco, uma vez que pensamos já está convertidos. Explico: Hoje vivemos em um mundo que nos ensina que Deus é tudo. Que toda a fé é válida. Com esse “excesso” de Deus, como podemos falar me conversão?

Pode parecer estranho, mas já experimentou falar de conversão com alguém? Ele(a) vai dizer: Não, mais eu sou convertido(a), rezo em casa, vou a missa, ao culto, acendo vela…

Precisamos falar sobre conversão e tudo que ela implica: MUDANÇA.

Conversão é mudar completamente o caminho. É voltar-se para Deus exclusivamente!

Na liturgia de hoje vemos Jonas ir a Nínive. Você acha que no início da pregação de Jonas não disseram: Ah, eu rezo em casa… Tá tudo bem. (?). Certamente. Após três dias de travessia os ninivitas acreditaram no Senhor e aceitaram  e se converteram. Mas qual é o motivo dessa resistência em converter-se? A certeza de estar fazendo tudo certo é uma dela… Nós achamos que nossos caminhos são perfeitos e que nada pode nos acontecer. A presunção da Misericórdia nos prejudica na conversão.

O Salmista nos ensina que há uma verdade, mas essa verdade só encontramos em Deus. Ao pronunciamos o refrão pedimos que “vossa verdade me oriente e me conduza”. Aviso, essa verdade pode não nos agradar, mas é a vontade de Deus para nós.

Nesse tempo comum, a Igreja ainda nos mostrará a conversão de alguns Apóstolos e seu apego a verdade apresentada por Deus para as suas vidas. Eles são exemplos vivos que a figura deste mundo passa, acaba, mas a verdade – que é Deus – não passa.

Ao chamar Simão (Pedro), André, Tiago e João Jesus não faz grande discurso, combina salário, diz que a viagem será breve ou que nos caminho eles vão conquistar muitas riquezas, mas promete que seriam pescadores de Homens. Diante de Jesus eles viram a Verdade e a conversão faz efeito imediato!

Converter não é convencer.

Que Nosso Senhor nos mostre a verdade e nos chame para ser pescadores de Homens.

Maria Regina Caeli intercedenti

Leituras:

Jonas 3,1-5.10

Sl 24,4ab-5ab.6-7bc.8-9 (R. 4a.5a)

Carta de São Paulo aos Coríntios 7,29-31

Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 1,14-20

Ajude-nos a Evangelizar. Compartilhe este post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *